Confira!




Volta-e-meia vemos nos jornais notícias sobre crianças ou adolescentes que leem mais do que o normal. Geralmente são garotos ou garotas muito jovens que já leram centenas e centenas de livros, em períodos de tempo que nos parecem muito curtos. Nós ficamos tão impressionados com isso, que custamos a acreditar. Basta clicar nos links abaixo e conferir:





Não que eu ache ruim esses garotos e garotas lerem tanto. Espero, de todo o coração, que leiam muito! Que se divirtam e se aventurem com todos os livros que puderem, e que incentivem outras pessoas a lerem também!
Além dessa questão dos jovens que leem muito - muito mais do que eu imaginava ser possível uma pessoa ler, quando tinha a idade deles e tinha muito mais tempo livre - sempre vejo nas redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube) pessoas compartilhando suas metas de leitura, falando quantos livros pretendem ler no mês, no semestre ou no ano.
Quando percebi a quantidade de pessoas que fazem isso, parei para questionar por que eu mesma nunca me fiz cobranças sobre quantidade de leitura, e acabei descobrindo a resposta com algumas reflexões sobre meu dia-a-dia.

Quando comecei a ler, foi porque descobri nos livros uma fonte de prazer e alegria como nenhuma outra que eu já conhecesse. Eu me divertia muito com cada história lida, e ia seguindo meu próprio ritmo. Lia somente os livros da biblioteca da escola, como já contei para vocês no último post. Eu terminava um livro e já começava outro, mas não tinha pressa! Lia da forma que podia. É claro que naquela época eu tinha muito tempo, pois estava só na sexta série, e os estudos não exigiam tanto esforço. Dessa forma eu podia ler bastante, mas não ficava naquela pressa de terminar um livro para partir para o próximo e também não fazia listas dos livros que pretendia ler. Apenas lia aquilo que vinha até mim.
Conforme fui crescendo, minhas obrigações na escola foram aumentando, mas eu sempre soube equilibrar leitura e estudo muito bem. Comecei a comprar meus próprios livros, e é claro que com o acesso à internet, passei a ter mais interesses em determinados gêneros literários e obras de certos escritores(as). Mas e fazia tudo ao meu tempo. Ainda precisava pedir emprestado, e comprava raramente. Com raramente eu quero dizer que adquiria menos de 10 livros por ano.
Eu conseguia números incríveis em leitura. É claro que alguns anos eu lia mais (por ter mais tempo, ou por ler livros mais curtos) e em outros lia menos (por ter mais ocupações e ler livros maiores e mais complexos). No ano passado, demorei mais de um mês com A Divina Comédia, de Dante Alighieri, enquanto li uma linda edição ilustrada de As Aventuras de Pinóquio em dois dias. Assim podemos ver que tempo de leitura é relativo. Depende do tempo que cada pessoa dispõe para se dedicar a isso; das condições emocionais da pessoa; do tamanho e da complexidade do livro lido. Mas ainda posso dizer que leio muito. Embora eu não seja boa em matemática, acho que consigo fazer uma média de 30 livros lidos por ano. E algumas pessoas ficam admiradas com isso!
Mesmo sem ter metas de leituras, eu pude conferir várias vezes a diferença entre ler um livro calmamente, e ler com pressa. No ano passo, decidi me render à popularidade d'As crônicas de gelo e fogo, de George R. R. Martin, e li A guerra dos tronos, que peguei com um amigo. Demorei para compreender o universo de Westeros, a grande quantidade de personagens, nomes e lugares estranhos e a leitura foi vagarosa, até que comecei a me interessar muito pelo enredo. Alguns meses depois, peguei A fúria dos reis com outra pessoa. O terceiro ano havia acabado, eu estava no primeiro mês de férias entre o colégio e faculdade, e simplesmente não tinha nada para fazer. Além disso, chovia sem parar, e estava frio, muito frio. Então eu passava o dia inteiro na cama, de pijama e meias, embrulhada no cobertor, devorando o livro. Terminei em menos de uma semana, e adivinha o que aconteceu? Pouco tempo depois, eu já havia esquecido muitos detalhes da história. É claro que havia absorvido os eventos mais importantes, mas posso dizer me esqueci de grande parte da história. Então, vejamos: com A guerra dos tronos eu fiz do mesmo jeito de sempre, respeitando meu próprio ritmo. Com A fúria dos reis, fui apressada demais, e não consegui absorver todo o conteúdo!
Por fim, quando cheguei à faculdade, descobri o que era realmente estar sob pressão. A maioria das minhas disciplinas eram teóricas e exigiam muita leitura, eu sempre tinha que fazer resumos, fichamentos e trabalhos. Quase não me sobrava tempo para ler! Os momentos em que eu conseguia ir sentada o ônibus eram um alívio, pois eu sabia que podia colocar meus óculos, pegar o livro na bolsa e ler até a hora de descer - isso, é claro, se eu não dormisse. Eu demorei para me adaptar à faculdade, e tenho a necessidade de fazer tudo com antecedência: se deixo as coisas acumularem, fico estressada, morrendo de medo de não conseguir fazer tudo a tempo, e aí é que não tenho condições de fazer mais nada! Como alguém seria capaz de fazer metas de leitura com uma rotina dessas? Eu levava semanas com um livro só, mesmo que fosse pequeno. Nunca conseguiria cumprir metas rigorosas.


Eu entendo que alguns leitores façam isso, que blogueiros proponham desafios a si mesmos, e que se empenham em cumprir, mas acredito que eu simplesmente não me sentiria feliz fazendo isso. Não conseguiria suportar aquele pensamento de "Tenho que terminar esse livro logo, porque faltam 15 e só tenho x meses". Ou também o "Preciso andar logo, porque tenho muitos livros na fila". Meu tempo é muito curto, e eu o ocupo com coisas indispensáveis para minha sobrevivência, que nem sempre gosto, mas que preciso fazer.
Sendo assim, eu leio como posso, nem que precise de um ou dois meses para um mesmo livro; nem que tenha que interromper uma leitura para poder estudar mais ou me dedicar mais aos trabalhos. O que se pode fazer? Responsabilidades primeiro, diversão depois. Como eu disse antes, quando me sinto pressionada, fico ansiosa e não faço nada direito. Ler um livro com pressa, só para terminar logo, além de não me divertir nem um pouco, vai fazer com que eu leia mecanicamente, sem absorver o conteúdo da leitura por completo.
Fico admirada que alguns consigam ler centenas de livros e um ano, ou até milhares em poucos anos de vida. Mas eu não consigo. Cada um tem seu ritmo, e o meu é incerto.

Por: Lethycia Dias

2 Comentários

  1. Olá Lethycia ,
    Tens toda a razão cada um tem o seu método de leitura, mas não é pelo facto de alguns lerem mais rápido que se esquecem dos pormenores, talvez pelo facto de estarmos habituados a ler muito tenhamos a capacidade de fixar as coisas com mais facilidade.
    A leitura como costumo dizer é um exercício de memória e eu noto que desde que comecei a ler o número de livros tem aumentado de ano para ano e a minha capacidade de memorização está cada vez melhor.
    Talvez para isso me ajude o facto de ser professora, não sei mas eu sou daquelas que faço metas de leitura e normalmente cumpro e não sinto que deixo de ter prazer por causa disso, nem tão pouco fico ansiosa. Os livros que estipulo ler é uma forma de me organizar na leitura e de ir limpando os cerca de 1300 livros que tenho nas minhas estantes.
    Depois também tenho escritores que me pedem para eu ler os seus livros e opinar honestamente sobre eles e tudo isso me leva a ler muito.
    Gostei do teu poste pois achei muito interessante para um bom debate de ideias.
    http://atmosferadoslivros.blogspot.pt/
    Podes passar por lá se quiseres visitar o meu cantinho.
    Beijocas e boas leituras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carla.
      Fico feliz que você consiga cumprir metas, e que não se sinta desmotivada nem ansiosa com isso. Cada um é de um jeito, né? Nesse post eu relatei a minha experiência, mas pode ser que eu seja uma exceção, e que a maioria das pessoas que gostam de ler sejam assim como você.
      Enfim, quero agradecer pela visita e pelo comentário.
      Desejo bos leituras para você também!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entre em contato conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja quem me segue:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...