Confira!

Você já deve ter ouvido falar dos post-it's. Se você não sabe o que é, vou fazer uma breve explicação aqui: são blocos de notas compostos por pequenas páginas de papel, nas quais uma pequena parte é revestida de cola. Podem ser retirados e colados novamente com facilidade. Existem em tamanhos e formatos variáveis. Esse post é sobre eles, sobre como decidi usá-los, e o que achei.


Percebendo a necessidade


Eu nunca fui uma leitora de muitas frescuras. Apesar de hoje estar adquirindo algumas manias e luxos, eu costumo dizer que "Se tem duas capas, e por dentro delas, tem páginas com algo escrito,  é porque pode ser lido". Digo isso porque nos meus primeiros anos de leitora, eu quase não tinha acesso a livros! Só lia os livros da biblioteca da escola, e olhe lá. Portanto, não podia me dar ao luxo de ter preferência por best-seller, me recusar a ler livros de tal editora, não gostar de edições econômicas ou de exemplares antigos. Eu lia aquilo que chegava até minhas mãos, sem ficar escolhendo, e isso significava que eu podia ler praticamente qualquer coisa.
Eu sempre cuidei muito bem dos livros que lia. Na época das bibliotecas, se eu gostasse de uma frase, dava um jeito de anotar em algum lugar para lembrar depois, mas nunca sublinhava. Quando passei a ter meus próprios livros, passei a sublinhá-los. E, para me lembrar onde estava a frase, fazia uma anotação em alguma das páginas iniciais.
Eu descobri os post-it's quando comecei a acompanhar canais sobre livros, principalmente quando comecei a ver os vídeos maravilhosos da Tatiana Feltrin. Durante o projeto Lendo o Tempo e o Vento, reparei que para poder citar as frases mais interessantes em seus vídeos, ela fazia marcações nos livros com post-it's coloridos. Achei interessante, mas foi só. Eu nunca senti a necessidade de usá-los, até que comecei a ler Uma tragédia francesa.
Durante a leitura de Uma tragédia francesa, eu sublinhei tantas frases marcantes, fiz tantas anotações sobre trechos que me chamaram a atenção, que acabei fazendo uma lista enorme de "páginas com algo importante" na contracapa do livro. Ficou mais ou menos assim:

Lista de páginas nas quais sublinhei alguma frase ou deixei comentários.
O número de coisas importantes para destacar era tão grande, que acabei formando essa lista enorme. Eu lia o livro segurando um lápis em uma das mãos, e toda hora precisava parar para fazer minhas anotações. Isso começou a me incomodar, até que decidi comprar meus primeiros post-it's, para resolver o problema. Infelizmente, eu demorei muito para encontrar o que precisava, e quando comprei, já havia terminado o livro.

Procurando


Encontrar meus post-it's não foi fácil. Eu estava com pouco tempo, cheia de ocupações da faculdade, fazendo entrevistas para o programa de rádio do qual participo, então demorei para arrumar um dia livre. Mas quando pude, fiz a coisa mais prática que eu podia: procurei nas duas papelarias mais próximas da minha casa. Foi uma decepção. Eles só conheciam o tipo tradicional, e sequer tinham ouvido falar do produto que eu procurava.

Modelo tradicional.
Mesmo quando eu expliquei que queria adesivos mais estreitos, de formato retangular, que serviam para serem pregados em páginas de livros, eles não sabiam do que se tratavam. E quando falei que queria marcadores de páginas, piorou: me mostraram os marcadores de página do Smilinguido, com desejos de feliz aniversário, frases motivadoras, e citações bíblicas (algo que considero de muito mau gosto).
Os marcadores que me mostraram eram como esses.

Além de não ser o que eu queria, não era o tipo de coisa que me agrada. Não preciso nem dizer que voltei para casa muito mal-humorada.
Depois, tentei novamente indo às Lojas Americanas. Chequei toda a sessão de material escolar, e como não encontrei, decidi perguntar para uma funcionária. De novo, para minha desilusão, ela nem sabia o que era.
Quase desistindo de comprar pessoalmente, pesquisei no site da Saraiva. Na época, o kit com adesivos de quatro cores diferentes custava R$ 15,00. Achei um pouco caro, mas estava disposta a pagar. Com preguiça de ter que ir a um shopping que fica muito longe da minha casa só por causa disso, decidi tentar a sorte em mais uma papelaria, e acabei encontrando em uma das Papelarias Tributária, que é uma rede de papelarias muito popular em Goiânia e Anápolis. Infelizmente, a Tributária só vendia kits de cor única, mas acabei comprando porque era mais barato que na Saraiva: cerca de onze reais.

O kit que comprei foi esse, com o total de 100 adesivos.
Como eu disse, graças à dificuldade de encontrar, quando consegui meus post-it's, já havia terminado Uma tragédia francesa. Durante a leitura dos próximos livros, não senti a necessidade de fazer marcações. E só agora, durante a leitura de Contos e crônicas para ler na escola, foi que resolvi começar a usá-los.

Meu feedback


Tive um pouco de dificuldade para abrir a embalagem e entender como funciona o mecanismo, mas acho que isso deve ser normal toda vez que decidimos experimentar um produto novo. Mas depois que entendi, achei bem prático, e o que achei mais legal, é que não é necessário retirar completamente a embalagem para poder usar. Toda vez que você puxa um adesivo, o próprio mecanismo já faz com que outro seja trazido para fora.
Usar um post-it é muito diferente de usar outros tipos de adesivo. Não é como pregar uma figurinha no caderno, que quando você erra, não pode mais tirar do lugar. Depois de pregar um post-it na página de um livro, é fácil tirá-lo e colar em outro lugar, sem danificar a página e sem deixar vestígios da cola. Eu fiz isso algumas vezes, e não tive nenhum problema.
Não sei se estava "com pena" de gastar demais uma coisa que achei um pouco cara, mas usei bem pouco.
Gostei de usá-los. Marquei algumas frases divertidíssimas de João Ubaldo Ribeiro, inclusive aquela que citei na resenha do livro, e depois, foi muito fácil abrir nas páginas corretas, para poder reler os trechos destacados. O fato de a parte com cola ser transparente torna o uso muito prático, pois não é necessário colar na borda das páginas.
Seguem abaixo algumas fotos do livro no qual eu os usei. Clique nas imagens para ampliá-las:





Eu gostei de experimentar, e achei um produto extremamente útil e prático. Pretendo continuar usando, mas na próxima vez quero comprar algum kit que venha com adesivos de várias cores, porque acho mais bonito variar. Eu quero que meus livros fiquem assim:

Imagem retirada da internet.
Então, minha avaliação é positiva. Gostei de experimentar e aprovo!

Por: Lethycia Dias

10 Comentários

  1. Oi Lethycia, como vai?
    Como é bom para alguém como eu, amante dos livros, ler um post dedicado exclusivamente a ele, sobre um método de localizar posteriormente as informações do seu conteúdo.
    Ainda hoje não cheguei a experimentar esse tipo de marcação, mas meu livros em si são todos marcados, sublinhados, anotados...
    Não tinha esse hábito sempre, achava que dificultaria depois uma segunda ou terceira lida, até que um antigo professor do ensino médio me disse que os livros estão aí para serem usados, manipulados e seu conteúdo extraído ao máximo, e não pra servir de enfeite na estante novinho, bonitinho e limpinho.
    Alguns acham que desvaloriza, mas eu não tenho a menor intenção de vender nenhum dos meus livros mesmo. Não tenho nenhum livro que não seja do meu interesse, se não for eu dou pra alguém ou vendo.
    Um grande beijo e obrigado por esta dica valiosa.
    Almir Albuquerque
    Panorâmica Social

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Almir! Vou bem, e andei sentindo sua falta por aqui...
      Eu também não sou de tipo de pessoa que quer sempre manter os livros conservadinhos, como se nunca tivessem sido abertos. Eu sublinho e faço anotações sim! E quando compro algum livro usado, fico surpresa e curiosa lendo o nome da pessoa que o possuiu antes de mim, e fico imaginando como seria essa pessoa.
      O objetivo do post era mesmo divulgar essa ferramenta legal, que pra mim foi uma novidade. Espero que você queira experimentar também!

      Excluir
  2. Descobri que na papelaria da minha faculdade tem uma marca alternativa que é bem mais barato! Eu vou comprar quando voltarem as aulas, já que os meus estão acabando e eles não são transparentes(até tenho mais desse mas veio com minha agenda, pena de gastar... Esses eu uso na facul mesmo). Só que eu esqueço de marcar... Quando gosto muito de uma frase eu tiro foto, posto no insta ou anoto em um caderninho. Sei la, não tenho muitos hábitos de leitura não, sou como você: leio de tudo, adoro uma edição econômica e agora que estou aprendendo sobre editoras (eu escolho livros pelo preço mesmo kkkkkk). Depois que comecei a acompanhar booktubers fiquei mais chegada nas edições lindas de capa dura e nos tais post-its(aprendi a usá-los com a Mell Ferraz do Literature-se). E realmente, eles facilitam muito a vida! Amei o post, nunca tinha lido nada sobre post-its HAHAHAHAHAHAHAH você é muito criativa para conteúdo, por isso que amo seu blog!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Eu tenho a impressão de que criar conteúdo para o blog é como se fosse um ciclo, sabe? Se eu escrevo um post, e vejo as pessoas gostando daquilo, logo surge uma ideia nova, e fico mais empolgada. Parece que quanto mais eu crio, mais ideias tenho!
      Pelo texto, deu pra perceber que eu sou bem como você, né? Já comprei muita edição econômica, só porque achei baratinho, e até hoje sou meio viciada nos clássicos da Martin Claret, pois acho as capas lindas!
      Fico feliz que tenha gostado do post, obrigada pela visita!

      Excluir
  3. Amei seu post! Faço anotações em livros e textos da universidade. Muitas vezes perco aonde estão as anotações rsrs
    Tá na hora de procurar os post-it rsrs
    Beeeijos e ganhou uma seguidora.
    Vi sua postagem no Anunciando Blogs ;*

    http://blogrosadeconversa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Fico feliz que tenha gostado do post e do blog! É sempre um prazer ajudar mais pessoas e mostrar uma coisa nova. Muito obrigada mesmo!

      Excluir
  4. Olá, Lethycia!
    Retribuindo sua visita! Adorei a dica, nunca havia visto os post-its dessa forma hehehe! A propósito, gostei muito de seu blog e estou seguindo!
    Um beijo!

    http://pequenomundodoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Maísa!
      É sempre bom a gente conhecer um novo blog legal, né? Fico feliz que você tenha gostado, e agradeço por seguir.
      Um abraço!

      Excluir
  5. Olá, já tentei dar uma chance aos post-its mas não me adaptei... Vou tentar dar uma segunda chance rs... Parabéns pelo post, parabéns pelo blog... Está nos meus favoritos ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, espero que você acabe se adaptando dessa vez, porque eu gostei muito de usar!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entre em contato conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja quem me segue:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...